Como ter prazer sozinha: descobrindo a masturbação feminina

como ter prazer sozinha. foto de mulher usando sex toy

Masturbação feminina: para algumas, ainda um tabu ou mistério, e para outras, uma melhor amiga. Independente da sua experiência com ela, o relacionamento mais longo que você terá na vida é consigo mesma, e ele pode funcionar muito bem a seu favor se você souber explorá-lo. Mas e quando a gente não sabe nem por onde começar? Se tocar pode trazer muitos benefícios, então hoje vamos falar sobre como descobrir seu prazer sozinha e por que isso é tão importante!

 

Descobrindo o prazer

Quando lemos reportagens e pesquisas ou quando conversamos com amigas, em geral, a conclusão é parecida: mulheres se masturbam menos, tem menos orgasmos e sofrem mais com baixas na libido ao longo da vida. Infelizmente, sabemos que a masturbação feminina ainda é culturalmente tida como algo que deve ficar escondido ou nem acontecer, mas vamos deixar os tabus de lado para ter essa conversa? 

Uma das causas da ausência ou baixa frequência de orgasmos entre as mulheres é justamente o desconhecimento do próprio corpo e dos próprios gostos. E independente da sua idade e experiência sexual, não tem nada que possa te ajudar mais nesse sentido do que a masturbação. Com ela você aprende quais são suas áreas de maior sensibilidade e quais estímulos te dão prazer, seja para fazer sozinha ou para guiar um(a) parceiro(a), além de ficar mais confiante e à vontade com seu próprio corpo.

Além disso, quem está com a libido baixa pode ver um aumento dela com a prática regular da masturbação – estímulo chama estímulo, e quanto mais você exercita sua sexualidade, mais vontade terá de fazer isso (e melhor vai ser!). Em resumo, se masturbando você tem a possibilidade de sentir cada vez mais prazer, e que ótimo, afinal, prazer é qualidade de vida. 

Ah, vale lembrar: se masturbar é um processo de autoconhecimento que não é bom apenas para quem está iniciando a vida sexual. Mesmo que você já tenha vivido toda a sua vida sem conhecer o seu corpo dessa forma, não tem problema nenhum: prazer não tem idade. Não importa se você está em um relacionamento ou solteira, se é jovem ou mais madura, se já teve um orgasmo ou não –  você merece sentir prazer sozinha! 

como ter prazer sozinha. foto de mulher de lingerie preta se masturbando

Como sentir prazer sozinha?

Já entendemos, se masturbar traz benefícios incríveis, mas por onde começar? Antes de mais nada, é importante pensar nesse momento como um tempo dedicado a você e ao seu prazer. Nem sempre é fácil conseguir criar oportunidades para isso, mas é importante para você se conhecer e de quebra, ajuda a relaxar. 

Se você já é experiente, pode partir para os vibradores, mas hoje as dicas são para quem está descobrindo a masturbação e ainda não pretende se aventurar no mundo dos toys. Não existe uma receita, mas existem algumas dicas para ajudar você a se conhecer melhor. 

 

Não se limite à vagina

É claro que a masturbação em algum momento vai chegar aos genitais, mas você já parou para pensar que a pele é o maior órgão do nosso corpo? Ela tem um potencial incrível de trazer prazer, e na maior parte do tempo, a gente não explora isso ao máximo. Que tal aproveitar para tocar seu corpo todo e descobrir quais áreas te dão mais prazer?

Deite em um lugar confortável, diminua as luzes, coloque uma playlist sexy se quiser, respire fundo algumas vezes e relaxe. Deixe a criatividade fluir e toque todas as partes do seu corpo, prestando atenção nas sensações. Ficar excitada é o primeiro passo e isso vai ajudar muito. Com certeza você vai descobrir algo que não sabia sobre onde gosta de ser tocada! 

como ter prazer sozinha. foto de mulher deitada segurando seus seios

Estímulo manual no clitóris 

Depois dessas “preliminares” com você mesma, chegamos à vagina. Na verdade, o que conhecemos como vagina é apenas a área interna, o canal vaginal – e apesar de ser onde acontece a penetração, não é a parte com mais terminações nervosas. A parte externa, chamada de vulva, é onde se concentra a maior sensibilidade, e é por aí que você pode começar! 

 Você pode escolher um lubrificante, para facilitar o movimento e deixar tudo mais confortável e prazeroso. Aos poucos, com delicadeza, comece a explorar toda a área da vulva com os dedos, e em seguida, a estimular o clitóris, esse órgão maravilhoso que existe exclusivamente para te dar prazer!

Experimente diferentes estímulos para descobrir quais movimentos mais gosta, sempre com delicadeza, usando a ponta dos dedos. Faça movimentos circulares e repetitivos, ou de vai-e-vem, e varie também a pressão, a intensidade e a velocidade. Fique algum tempo no mesmo movimento antes de mudar para outro para descobrir se o prazer aumenta. Observe as sensações e não tenha pressa, nem se preocupe se vai ou não ter um orgasmo. O objetivo é se conhecer! 

 

Teste, teste, e teste mais um pouco! 

Ninguém vai te ver ou te julgar, então é a hora de esquecer o significado da palavra “vergonha”. Além de observar suas próprias sensações, experimente diferentes posições, se olhe no espelho, se masturbe no chuveiro ou na banheira, e o que mais tiver vontade. No começo pode parecer meio estranho, mas é justamente ganhar essa maior intimidade com você mesma que faz com que a sua vida sexual fique cada vez melhor e mais prazerosa.  

É claro que o clitóris é o queridinho da maioria, mas nada impede que você experimente outras coisas também. Nem precisa de sex toy se não quiser, dá para usar os dedos para a penetração, se você se sentir confortável para isso. Teste a combinação da penetração com o estímulo do clitóris, em diferentes intensidades e ritmos. Lembre-se que seu corpo todo merece sua atenção, e o mais importante de tudo: relaxe e aproveite esse tempo com você. 

Se quiser receber conteúdos por e-mail e ficar a par de todas as novidades do sex shop, novos posts no blog, novos produtos e promoções, assine a nossa newsletter e siga nosso perfil no Instagram! Assim você fica sempre por dentro de tudo no mundo da sexualidade e do prazer.

E lembre-se sempre do seguinte: a vida é muito curta para não gozar! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *